Presidente Dilma Rousseff é diagnosticada com pneumonia leve

A presidente Dilma Rousseff foi diagnosticada, neste domingo, com uma pneumonia leve, de acordo com a Agência Brasil.

No último sábado, ela viajou para São Paulo e hoje, se submeteu a exames no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, que confirmaram a doença.

O médico particular de Dilma, Roberto Kalil Filho, disse ao jornal Folha de S. Paulo que ela foi medicada com antibióticos e passa bem.

Em entrevista coletiva, o cardiologista disse que a presidente vinha sofrendo de uma forte gripe há 10 dias, e por isso antecipou os exames de rotina que faria na próxima quarta-feira.

Por causa dos exames, a presidente não participou das comemorações do Dia do Trabalho, em Brasília. De acordo com a agência Brasil, ela enviou uma mensagem aos trabalhadores que participaram da festa, que foi lida pelo ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho.

Na mensagem, ela dizia que "não permitirá que a inflação volte a corroer o poder aquisitivo dos trabalhadores".

A assessoria do Palácio do Planalto afirma que Dilma Roussef deverá retomar suas atividades normalmente na próxima segunda-feira.