Europa

Tremores deixam pelo menos dez mortos na Espanha

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Tocar com outro programa

Pelo menos dez pessoas morreram em decorrência de tremores de até 5,3 de magnitude na cidade de Lorca, localizada na região de Múrcia, no sul da Espanha.

O principal terremoto ocorreu às 18h50 locais (13h50, horário de Brasília), a 1 km de profundidade, e seu epicentro foi a 120 km ao sudoeste da cidade de Alicante, de acordo com a agência geológica americana (USGS, sigla em inglês).

Segundo a correspondente da BBC em Madri, Sarah Rainsford, o tremor derrubou vários prédios na cidade. A torre de uma igreja desmoronou completamente, enquanto carros foram destruídos em plena rua, cobertos de entulho.

BBC

Imagem de TV mostra destroços sobre carro em Lorca após terremoto

Imagens de televisão mostraram equipes de resgate correndo pelas ruas de Lorca, tomadas de destroços. Várias pessoas saíram de seus locais de trabalho e correram para praças e espaços abertos.

Diversos feridos foram levados aos hospitais da região, segundo o site do jornal espanho El País. A correspondente da BBC afirma que os pacientes de um hospital de Lorca foram retirados do local, por questões de segurança.

O prefeito da cidade, Francisco Jodar, disse a uma rádio local que as mortes foram causadas pela queda de destroços e desmoronamentos. Autoridades temem que o número de mortes possa aumentar.

BBC

Igreja em Lorca fica danificada após terremoto de magnitude 5,3

Rainsford afirma que este foi o terremoto mais forte na Espanha em pelo menos 50 anos. Ele se seguiu a um anterior, de magnitude 4,4, ocorrido cerca de uma hora antes. Réplicas do tremor foram sentidas a vários quilômetros de distância, em outras áreas de Múrcia.

O primeiro-ministro espanhol, Jose Luis Rodriguez Zapatero, enviou tropas do Exército ao local do terremoto, para ajudar nos resgates, segundo informou a agência de notícias EFE.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.