Polícia do México encontra 513 migrantes amontoados em 2 trailers

Migrantes encontrados em trailers no México Direito de imagem AP
Image caption Migrantes, da Ásia e da América Latina, tinham os EUA como destino

A polícia de Chiapas, no sudeste do México, encontrou 513 migrantes originários da América Latina e da Ásia, que viajavam amontoados nos compartimentos traseiros de dois trailers e tinham os EUA como destino final.

Trata-se da maior detenção de imigrantes da história recente do país, segundo autoridades locais.

Os migrantes, todos em situação ilegal, são em sua maioria da Guatemala. Mas também havia no grupo pessoas das nacionalidades japonesa, chinesa, nepalesa, equatoriana, salvadorenha, hondurenha e indiana.

Segundo a polícia, o grupo - que incluía mulheres e menores de idade - estava em condições “subumanas”. Muitos estavam desidratados e com problemas musculares, porque aparentemente viajavam em pé dentro do trailer.

Detidos

Os trailers foram interceptados em um posto policial de uma estrada próxima a Tuxtla Guiérrez, capital do Estado de Chiapas, que fica na fronteira com a Guatemala.

Os dois motoristas dos veículos foram detidos, depois de tentarem fugir.

Acredita-se que cada um dos migrantes tenha pago cerca de US$ 7 mil (R$ 11,4 mil) para que traficantes os levassem aos Estados Unidos.

Há estimativas de que em torno de 500 mil pessoas tentem cruzar anualmente a fronteira do México em direção aos EUA, muitas delas por intermédio de grupos criminosos ilegais.

Notícias relacionadas