Saúde de Chávez leva Venezuela a suspender cúpula

Atualizado em  29 de junho, 2011 - 19:42 (Brasília) 22:42 GMT
Simpatizantes de Chávez em missa pelo presidente em Caracas (Reuters)

Estado de saúde do presidente desperta preocupação e dúvida na Venezuela

O governo da Venezuela anunciou nesta quarta-feira a suspensão da cúpula de lançamento da Celac (Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos), prevista para 5 de julho, devido ao estado de saúde do presidente venezuelano, Hugo Chávez.

Por meio de um comunicado, o governo afirmou nesta quarta-feira que Chávez está sendo submetido “a um processo de recuperação” e “tratamento médico sumamente estrito”.

“Por essa razão de força maior”, o governo argumenta ter consultado os demais países e decidido, em comum acordo, adiar a realização da Cúpula para o segundo semestre deste ano.

A suspensão da cúpula, que seria realizada na Ilha Margarita, no norte do país, levanta ainda mais suspeitas sobre a gravidade da doença de Chávez, que continua em Cuba depois de ter sido submetido a uma cirurgia de emergência em 10 de junho para a remoção de um abscesso pélvico.

A situação abriu caminho para uma série de rumores e especulações da imprensa venezuelana, que afirma que o líder venezuelano sofre de câncer na próstata.

Prioridade

A Celac, bloco regional que exclui Estados Unidos e Canadá, passou a ser prioridade da agenda política do governo Chávez. Analistas consideram, inclusive, que decisões do governo - como a extradição de um jornalista acusado de manter vínculos com a guerrilha colombiana – são a uma tentativa de manter um bom clima com a Colômbia em nome da fundação do organismo, visto como uma ferramenta de “união e independência” regional.

A Cúpula foi suspensa horas depois da transmissão de um vídeo em que Chávez aparece conversando com Fidel Castro. Nas imagens, o líder venezuelano aparece bem disposto e um pouco mais magro, recordando alguns encontros com o líder cubano e comentando fatos da história latino-americana. Nenhuma palavra foi dita sobre seu estado de saúde.

TV cubana mostra imagens de Chávez

Líder venezuelano aparece com Fidel Castro em aparente boa saúde.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

A ausência de Chávez, que há doze anos se tornou figura onipresente na vida política e social da Venezuela, preocupa seus simpatizantes na Venezuela.

"Fiquei aliviada quando vi as imagens, mas continuo angustiada, não sabemos o que ele tem e quero meu presidente de volta já", afirmou a comerciante Cristina Campos à BBC Brasil, enquanto acompanhava o telejornal matutino em uma TV instalada em uma praça, no centro de Caracas.

Na manhã desta quarta-feira, foi celebrada uma missa na capital pela recuperação do presidente.

A oposição, por sua vez, está irritada com a falta de informações sobre o estado de Chávez. Desde a cirurgia, nenhum boletim médico foi divulgado.

Partidos opositores pressionam para Chávez delegue o poder de forma definitiva ao vice-presidente, Elias Jaua, que afirma que Chávez continua governando a partir de Havana

Uma pesquisa do Instituto Venezuelano de Análise de Dados, divulgada pelo jornal El Universal, indica que 59% dos venezuelanos não aceita que Chávez governe fora de seu país.

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.