Nevascas recordes isolam comunidades e estragam pastos na Bolívia

Região andina na Bolívia (AP) Direito de imagem AP
Image caption Governo disse que, sem ajuda externa, não conseguirá chegar a áreas mais afetadas por neve

Milhares de pessoas foram afetadas pelas mais fortes tempestades de neve registradas nos últimos 20 anos na Bolívia.

As tormentas forçaram o governo a pedir ajuda externa para conseguir resgatar pessoas, levar ajuda a comunidades isoladas e remover neve de locais afetados, informou a BBC Mundo.

A neve pegou de surpresa agricultores e turistas nas áreas altas– e geralmente áridas – do departamento (Estado) de Potosí, no sudoeste do país.

Muitos agricultores perderam seus cultivos, e rebanhos de cerca de 50 mil lhamas ficaram sem pasto, depois de este ser coberto por uma grossa camada de neve.

Muitas estradas no país foram fechadas, dificultando deslocamentos e o resgate de pessoas atingidas.

Dificuldades

Com apenas dois helicópteros, a Defesa Civil boliviana disse que, sem a ajuda de outros países, terá dificuldade em chegar às comunidades isoladas pela neve e afetadas por baixas temperaturas.

O vice-presidente Álvaro García Linera informou que as aeronaves bolivianas são pequenas e incapazes de voar sobre as áreas mais altas.

O correspondente da BBC em La Paz, Mattia Cabitza, afirma que as autoridades não têm dado conta de limpar a neve em áreas amplas e isoladas do país.

Acredita-se que as nevascas prosseguirão nos próximos dias.

Notícias relacionadas