Polícia cerca casa de australiana que estaria amarrada a bomba

Policiais usam roupas protetoras em operação no bairro de Mosman, Sydney (Reuters) Direito de imagem BBC World Service
Image caption Policiais usam roupas protetoras em operação no bairro de Mosman, Sydney

Equipes do esquadrão antibomba de Sydney cercaram uma casa em um bairro de luxo da cidade, onde uma jovem estaria com uma bomba presa ao corpo.

A polícia de Sydney informou que foi chamada por uma jovem de 18 anos a uma casa no bairro de Mosman, um dos mais ricos da cidade.

Os policiais entraram na casa para "examinar o dispositivo de dar apoio à jovem".

O delegado-assistente da polícia de Sydney, Mark Murdoch, afirmou que não pode confirmar se há uma bomba presa ao corpo da mulher.

"Estamos tratando o pacote suspeito como perigoso até que tenhamos mais informações."

Segundo o jornal australiano Sydney Morning Herald, a jovem afirmou que um homem usando uma máscara entrou em sua casa e amarrou a bomba ao seu corpo na tarde desta quarta-feira.

Equipes de emergência retiraram os moradores de casas próximas e várias ruas foram isoladas. Ambulâncias e equipes dos bombeiros foram para o local.

Roger White, um jornalista da rádio 2UE, de Sydney, disse ter informações de que havia um pedido de resgate envolvido no caso:

"Entendemos que o dispositivo foi colocado em volta do pescoço (da jovem), com um bilhete pedindo resgate preso à ele, por alguém que invadiu a casa e foi embora", disse o jornalista.