Satélite capta ondas de tsunami quebrando geleira na Antártida

Atualizado em  11 de agosto, 2011 - 19:22 (Brasília) 22:22 GMT

Player

Maior pedaço que se desprendeu da geleira Sulzberger era do tamanho da ilha de Manhattan.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Imagens de satélite mostram que o tsunami ocorrido em março no Japão teve impacto até na Antártida.

Foto: BBC

Maior pedaço que se desprendeu era do tamanho da ilha de Manhattan (Foto: BBC)

Nas fotos, feitas pelo satélite Envisat da Agência Espacial Europeia, é possível ver as ondas do tsunami arrancando pedaços da geleira Sulzberger, distante 13.000 km do epicentro do tremor.

Embora tenham chegado a no máximo 30 cm de altura, as ondas foram suficientes para enfraquecer a geleira, que ficou estável por 46 anos.

O maior pedaço de gelo que se desprendeu era do tamanho da ilha de Manhattan, em Nova York.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.