Grupo palestino Hamas anuncia fim de trégua com Israel

Edifício destruído em Gaza após ataque israelense. Getty Direito de imagem BBC World Service
Image caption Grupo palestino Hamas, que controla Gaza, estava trégua com Israel desde conflito de 2009

O grupo militante palestino Hamas, que controla o território da Faixa de Gaza, anunciou nesta sexta-feira (sábado, na hora local) o fim da trégua com Israel. O cessar-fogo durou os últimos dois anos, desde os confrontos de 2009.

Segundo informações da agência Reuters, a declaração foi transmitida por uma estação de rádio palestina.

"Não há mais qualquer trégua com o inimigo", disse o comunicado lido na rádio.

O grupo, que controla a Faixa de Gaza, disse ter tomado a decisão após a retalição do Exército de Israel a um ataque de militantes palestinos que deixou oito mortos no sul do país.

Nesta sexta-feira, foguetes palestinos voltaram a atingir Israel.

Desde quinta-feira, o Exército isralense vem executando vários bombardeiros na Faixa de Gaza, deixando vários mortos palestinos.

Fontes palestinas disseram à BBC que entre os mortos estariam uma criança e quatro membros da Comissão de Resistência Popular, uma facção em Gaza leal ao Hamas, mas que às vezes opera de forma independente.

Direito de imagem Reuters
Image caption Atentado em Israel começou quando homens armados abriram fogo contra um ônibus

Ônibus

Já o atentado em Israel começou quando homens armados abriram fogo contra um ônibus que levava turistas e soldados para a cidade de Eilat.

Em seguida, de acordo com a imprensa local, uma bomba explodiu na estrada, atingindo um segundo ônibus.

Outros veículos foram atingidos logo depois na mesma região. No total, oito pessoas morreram.

Israel acusa militantes de Gaza infiltrados no país pelo atentado.

Notícias relacionadas