Polícia usa canhões d'água para conter coquetéis molotov no Chile

Atualizado em  25 de agosto, 2011 - 07:29 (Brasília) 10:29 GMT

Player

Estudantes, políticos e sindicalistas convocaram uma greve de dois dias no país.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Confrontos entre manifestantes e policiais aconteceram em diversas cidades no Chile ao longo da quarta-feira.

Protesto no Chile

Polícia usou canhões d'água contra manifestantes que jogavam coquetéis molotov

Os protestos se espalharam de Punta Arenas, no extremo Sul, a Antofagasta, próximo à fronteira com o Peru.

Na capital Santiago, os manifestantes jogaram coquetéis molotov contra os policiais, que responderam com gás lacrimogêneo e canhões d'água.

Estudantes, políticos de oposição e sindicalistas no Chile convocaram uma greve geral de dois dias pedindo reformas profundas no governo, inclusive com a adoção de uma nova Constituição.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.