Com expectativa de recuperação na Europa, bolsas fecham em alta

Operadores da bolsa de NY. Foto: AFP Direito de imagem BBC World Service
Image caption Operadores da bolsa Dow Jones, que registrou uma valorização de 1,33%

Seguindo a tendência das bolsas internacionais, a Bovespa fechou nesta terça-feira em alta pelo segundo dia consecutivo, um resultado que, segundo analistas, reflete a expectativa de que os países da zona do euro estão agindo para conter a crise no bloco.

O Ibovespa – principal índice das ações da bolsa paulista – fechou em leve alta de 0,32%, aos 53.920 pontos. Tanto as bolsas americanas como as européias e as asiáticas também tiveram resultados positivos.

"A expectativa relacionada ao mercado europeu realmente segurou as bolsas, deixando claro que a maior parte do estrago da zona do euro já passou e estamos voltando a níveis um pouco mais adequados", disse à BBC Brasil o consultor André Perfeito, da Gradual Investimentos.

'Intenções'

Nos últimos dias, líderes europeus tentam arquitetar um plano de recuperação para suas economias, especialmente para a Grécia.

A proposta inclui injeções de recursos do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF, na sigla em inglês), mecanismo usado pelo bloco para efetuar resgates, e um possível calote parcial e controlado da Grécia.

"Mas é preciso deixar claro que a situação ainda não está resolvida, porque essas medidas até agora não passam de boas intenções", afirma Perfeito.

Para o analista Silvio Campos Neto, da Tendências Consultoria, o resultado dos mercados indica que as autoridades perceberam que precisam agir rapidamente, porque o cenário é realmente grave.

"Essa percepção contagiou favoravelmente as bolsas de todo o mundo, além de favorecerem a cotação do dólar, inclusive no Brasil", afirma Campos Neto.

No Brasil, o dólar comercial fechou em baixa de 0,93% nesta terça-feira, vendido a R$ 1,805. Esta foi a terceira queda consecutiva da moeda americana.

O consultor da Tendências diz, no entanto, que a recuperação da Bovespa, que foi bastante tímida, precisa ser levada em conta. "Ela indica que ainda não há um cenário de confiança."

Votação na Alemanha

Para os analistas, os mercados estarão de olho na votação na Alemanha, no fim desta semana, sobre a aprovação ou rejeição de um projeto que visa estender os poderes de um fundo europeu de resgate.

A medida permitiria comprar títulos da dívida de países com altos deficits e de bancos com pouco capital.

Nos Estados Unidos, as bolsas fecharam em alta de mais de 1%. Enquanto o índice Dow Jones registrou uma valorização de 1,33%, a Nasdaq teve alta de 1,2%.

As bolsas européias também tiveram resultado positivos, com o maior ganho percentual diário em 16 meses.

O índice FTSEurofirst 300, da Bolsa de Londres, subiu 4,3%, em sua terceira alta consecutiva.

Notícias relacionadas