Chávez nega recaída em seu estado de saúde

Chávez, em foto de arquivo (Reuters) Direito de imagem Reuters
Image caption Presidente atribuiu a 'especulações' relato de que teria sido internado

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, negou nesta quinta-feira que sua saúde tenha deteriorado, enquanto enfrenta um tratamento contra um câncer.

Em entrevista telefônica à TV estatal venezuelana, Chávez declarou que "é preciso acabar com as especulações. Se algo acontecer (com minha saúde) serei o primeiro a contá-lo", em resposta a uma reportagem afirmando que o presidente teria sido internado com urgência.

A reportagem foi publicada pelo jornal El Nuevo Herald, baseado em Miami, e dizia que o venezuelano havia sido levado ao hospital após sofrer uma falência renal. O presidente negou e disse que continua trabalhando.

Chávez, que em junho anunciou sofrer de um tumor cancerígeno, recentemente foi submetido a um quarto ciclo de quimioterapia em Havana, Cuba. Apesar de ter informado que passou por uma cirurgia e por tratamentos, o presidente forneceu poucos detalhes sobre a doença, como o tipo de câncer e sua gravidade.

Desde então, ele reduziu suas aparições públicas e tem preferido dar entrevistas por telefone para a emissora estatal.

Ainda assim, já afirmou anteriormente que mantém os planos de disputar a reeleição, no pleito de 2012. Aos 57 anos, ele está há 12 anos no poder.

Nesta quinta, disse que as especulações sobre sua saúde "querem gerar incerteza" e que "não surgiu nenhuma (dificuldade em sua recuperação) além do normal".

Notícias relacionadas