China, EUA e Coreia do Sul discutem situação após morte de Kim

O ministro do exterior chinês, Yang Jiechi, conversou com autoridades dos Estados Unidos e Coreia do Sul após a morte do líder norte-coreano Kim Jong-Il.

Segundo um porta-voz do governo chinês, durante a ligação telefônica, os três países concordaram sobre a importância de manter a paz e a estabilidade na península coreana.

A China vem demonstrando apoio a seu aliado comunista em um momento de transição e incerteza.

O presidente Hu Jintao visitou a embaixada norte-coreana em Pequim nesta terça-feira para oferecer suas condolências pela morte de Kim Jong-Il.

Na segunda-feira, o comitê central do Partido Comunista chinês saudou o filho mais jovem de Kim, Kim Jong-Un, como o novo líder da Coreia do Norte.