Grã-Bretanha condena três por incitar ódio contra gays

No primeiro caso do tipo na Grã-Bretanha, três muçulmanos foram considerados nesta sexta-feira culpados de incitar ódio contra gays.

Eles distribuíram folhetos que defendiam que a pena de morte seria justificada para livrar a sociedade de gays e lésbicas.

Eles foram processados segundo uma nova legislação que considera um crime incitar ódio por conta de orientação sexual.

Dois outros homens foram absolvidos no julgamento na cidade inglesa de Derby.