A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Guatemala faz escalada de vulcão com 12 mil pessoas

Cerca de 12 mil pessoas na Guatemala promoveram uma corrente humana, ao escalar um vulcão extinto do país em protesto contra os elevados índicies de violência doméstica que acometem o país da América Central.

Image caption Corrente humana deve se tornar evento anual na Guatemala

A expectativa dos ativistas ao promover a escalada do pico conhecido como Volcan de Água, de 3.765 é chamar atenção para o problema e transformá-lo numa data anual do calendário guatemalteco.

O cordão humanao reuniu até mesmo o novo presidente da Guatemala, Otto Pérez Molina.

Somente no ano passado, 550 mulheres guatemaltecas foram assassinadas.