A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Casal assassina três filhas por 'desonrar família'

Um casal de imigrantes afegãos foi condenado no Canadá pelo assassinato de suas três filhas adolescentes, mortas por um comportamento que eles julgavam que 'desonrava' a família.

Image caption Casal julgava que jovens estavam desonrando a família

A corte da cidade canadense de Kingston considerou Mohammad Shafia, sua mulher Tooba Yahya, e seu filho mais velho, Hamed, culpados pelo assassinato das três jovens e da primeira mulher de Shafia, mortas em uma elaborada trama.

A defesa argumentava que as jovens haviam sido mortas após terem regressado de carro de uma noitada em 2009.

Mas a promotoria conseguiu provar que o suposto acidente alegado por Shafia foi uma farsa armada pelo casal e seu filho mais velho.