Após derrotas em 3 primárias, vitória em Maine dá novo fôlego a Romney

Mitt Romney em Maine (AP) Direito de imagem AP
Image caption Pré-candidato precisava de vitória para evitar 'dor de cabeça' e questionamentos a sua campanha

O pré-candidato republicano Mitt Romney foi declarado vencedor das prévias do Estado norte-americano de Maine, no último sábado, segundo a contagem oficial.

Apesar de a vitória no caucus de Maine não resultar em um grande número de delegados para Romney, ela foi considerada importante por tirar o postulante de uma sequência de derrotas nas primárias do Partido Republicano.

Romney, o mais cotado entre os republicanos para disputar as eleições presidenciais com o presidente Barack Obama, havia perdido recentemente as prévias dos Estados do Colorado, Minnesota e Missouri, para o adversário Rick Santorum.

Os reveses deram mostras de falta de entusiasmo com a candidatura de Romney e sua dificuldade em se conectar com a ala mais conservadora do Partido Republicano.

Entre os mais conservadores, sua candidatura não é bem vista porque Romney, quando governador de Massachusetts, assinou uma lei de reforma da saúde similar à promovida pelo governo Obama.

Uma quarta derrota nas primárias "poderia dar uma dor de cabeça política para Romney e criaria uma narrativa negativa" para a campanha do ex-governador, escreveu o jornal The New York Times.

Agora, Romney chega com mais fôlego às primárias dos Estados de Arizona e Michigan, no final deste mês.

Romney venceu em Maine por 39% dos votos, seguido pré-candidato libertário Ron Paul. Santorum ficou em terceiro e Newt Gingrich, em quarto.

Calendário de prévias

Os pré-candidatos republicanos vinham, até há pouco, se concentrando em campanhas individuais nos Estados. Mas, com mais prévias sendo realizadas simultaneamente, os postulantes provavelmente passarão as próximas semanas em intensas viagens pelos EUA para angariar votos.

Em 6 de março ocorrerá a série de primárias conhecida como "Superterça", em que 11 Estados disputam suas prévias.

O calendário de primárias e caucus vai até meados do ano. Nos eventos, os eleitores escolhem delegados partidários, que prometem apoiar determinado pré-candidato na Convenção Nacional do Partido Republicano, em agosto.

Daí sairá um único postulante republicano que vai disputar as eleições presidenciais com Barack Obama.

Notícias relacionadas