Coleção de quadrinhos achada em sótão é leiloada por US$ 3,5 milhões

Quadrinho do Batman
Image caption Quadrinho de estreia do Batman arrecadou US$ 523 mil em leilão

Uma coleção de histórias em quadrinho que haviam sido encontradas em um porão arrecadou US$ 3,5 milhões em um leilão em Nova York na quarta-feira.

Os 345 gibis foram comprados nos anos 30 por Bill Wright, do Estado americano de Virgínia, quando ele era garoto. Wright morreu sem nunca ter dito à família que possuía os gibis.

As histórias em quadrinho passaram 17 anos no porão da casa de Wright, na cidade de Martinsville, sem nunca terem saído do lugar. No ano passado, elas foram descobertas durante uma faxina no local por um dos seus parentes, que colocou tudo à venda.

Uma cópia da edição de número 27 do gibi Detective Comics, que foi comprada por Wright por dez centavos em 1939, arrecadou o maior valor no leilão de quarta-feira: US$ 523 mil, ou quase R$ 900 mil.

A edição é famosa por ser a primeira aparição do herói Batman.

Outro gibi – o número um da Action Comics, de 1938 – foi vendido por US$ 299 mil (mais de R$ 510 mil). O quadrinho é o primeiro com o Super-homem.

"Este episódio já conquistou um lugar na história das grandes coleções de quadrinhos", disse Lon Allen, que é diretor da Heritage Auctions, a empresa que leiloou os gibis.

Segundo ele, a "incrível" coleção é uma prova de que Wright tinha um dom para comprar os gibis mais valiosos.

Especialistas afirmam que outro fator que valorizou a coleção é o fato de ela ter sido montada quando o dono ainda era garoto.