Maior sindicato britânico ameaça fazer greve durante Jogos Olímpicos

O líder do maior sindicato da Grã-Bretanha ameaçou organizar uma greve durante os Jogos Olímpicos de Londres, que começam no fim de julho.

Len McCluskey, do sindicato Unite, disse ao jornal The Guardian que os cortes no serviço público anunciados pelo governo são tão profundos que justificariam uma ação sindical durante a Olimpíada.

"Se os Jogos Olímpicos nos fornecerem uma oportunidade, então essa é exatamente a que deveríamos estar analisando", disse McCluskey ao jornal.

"Os ataques que estão sendo lançados contra trabalhadores do serviço público no momento são tão profundos e ideológicos que a ideia de que o mundo deveria chegar a Londres e ter esses Jogos Olímpicos maravilhosos, como se tudo fosse cor-de-rosa, é impensável."

O governo britânico, uma coalizão entre os partidos conservador e liberal-democrata, criticou o anúncio do líder sindical.