EUA buscam sobreviventes após tornados devastadores

Estragos no meio-oeste dos EUA. BBC
Image caption Os Estados mais afestados foram Indiana, Kentucky, Ohio e Alabama (Foto: BBC).

As autoridades de quatro Estados do meio-oeste dos Estados Unidos ainda buscam sobreviventes após a passagem de uma série de tornados e tempestades que deixaram pelo menos 35 mortos na madrugada deste sábado.

Os Estados mais afetados foram Indiana, Kentucky, Ohio e Alabama.

A tormenta deixou um rastro de destruição. Casas foram destelhadas, outras alagadas. Também houve corte no fornecimento de energia em várias localidades.

Muitos familiares ainda tentam contato com os moradores da região, também afetados por cortes nas linhas de telefonia.

Segundo as autoridades meteorológicas dos Estados Unidos, cerca de 90 tornados e 700 tempestades atingiram o meio-oeste do país desde a sexta-feira.

A tormenta causou surpresa aos americanos, já que tempestades do tipo não são comuns nesse período do ano.

As autoridades também não sabem dizer, com exatidão, a extensão dos estragos.

Mortos

O Estado do Kentucky foi o que mais registrou a ocorrência de vítimas fatais. Foram 17. Em Indiana, os mortos foram 14.

Nesse Estado, a cidade de Marysville foi quase que totalmente destruída. Apenas alguns edifícios permaneceram em pé, segundo relatos apurados pela BBC.

O xerife local, Danny Rodden, disse que os moradores foram alertados da passagem do temporal, mas a intensidade foi maior que a prevista.

“Esse foi o pior cenário. Não havia como se preparar para algo assim”, disse.

Na vizinha cidade de Henryville, uma escola teve o teto e o sótão completamente arrancados. Um ônibus foi jogado pela força do vento contra um restaurante.