Suspeito de ataque na França é preso, diz TV francesa

Forças policiais francesas prenderam o suspeito pelo assassinato de quatro pessoas em frente a uma escola judaica em Toulouse, na segunda-feira, segundo informações não confirmadas divulgadas por canais de TV franceses.

A notícia da prisão foi divulgada pelas TVs francesas BFM e i-Tele, mas o correspondente da BBC no local afirma que ainda não há confirmação. Segundo a agência de notícias Reuters, uma fonte policial que não estaria envolvida diretamente no caso teria confirmado a prisão, mas outras fontes não confirmaram.

Um esquadrão de elite da polícia cercava desde a madrugada o edifício onde o suspeito estava, localizado a cerca de três quilômetros da escola onde ocorreu o ataque na segunda-feira.

O suspeito, identificado como o francês de origem argelina Mohammed Merah, de 24 anos, teria afirmado aos policiais que pertencia à rede Al Qaeda e que teria agido como vingança pelas "crianças palestinas" e contra os "crimes da França" no Afeganistão.

Além do ataque da segunda-feira, ele também seria suspeito por outros dois ataques na mesma região, na semana passada, que deixaram três soldados mortos.

Notícias relacionadas