A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Direto dos EUA: O novo 'número mágico' das eleições americanas

O pré-candidato republicano à Presidência dos EUA, Mitt Romney, garantiu na terça-feira a primária do Texas os 1.144 delegados necessários para ganhar a indicação do partido para concorrer nas eleições de novembro.

Agora que Romney aguarda somente a confirmação de sua candidatura na convenção republicana em novembro, as eleições americanas já têm um novo número "mágico": 270.

Image caption Romney precisará de 79 votos além dos que já tem para ser presidente

Esse é o número de votos no colégio eleitoral que o presidente americano, Barack Obama, ou Romney, terão de alcançar para ter o direito a ocupar a Casa Branca por quatro anos a partir do ano que vem.

As eleições americanas são disputadas Estado a Estado, cada um com um peso diferente no colégio eleitoral. Como o vencedor leva todos os votos daquela unidade da federação, os analistas já estão fazendo os cálculos para ver onde as eleições vão ser resolvidas.

Será que Obama, mais perto da reeleição, vai novamente conseguir convencer os eleitores conservadores da Carolina do Norte e da Virgínia a votar por ele – algo que aconteceu pela primeira vez em 40 anos em 2008? E será que Romney vai conseguir levar os 10 votos do tradicionalmente democrata Wisconsin, que vem se inclinando para o lado republicano?

O comentário é do correspondente da BBC Brasil em Washington, Pablo Uchoa.