Atentado mata ministros de alto escalão da Síria

O ministro da Defesa da Síria, Daoud Rajiha, e o cunhado do presidente Bashar Al-Assad, Assef Shawkat, morreram em um atentado suicida na capital do país, Damasco, de acordo com a mídia estatal.

Várias pessoas ficaram feridas, incluindo o ministro do Interior, no ataque ao prédio que abriga a força de Segurança Nacional do país, no bairro de Rawda.

Forças anti-governo dizem estar levando a cabo uma grande ofensiva em Damasco.