William e Kate vão à Justiça impedir republicação de fotos

Atualizado em  17 de setembro, 2012 - 05:33 (Brasília) 08:33 GMT
Kate Middleton fotografada por um Paparazzi

Kate Middleton é, constantemente, perseguida por paparazzis.

O príncipe William e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, querem tentar impedir na Justiça a republicação de polêmicas fotos do casal de férias na França em momento íntimos.

Advogados do casal estão sendo aguardados nesta segunda-feira em um tribunal em Paris, onde devem solicitar que o fotógrafo que colheu as imagens de Middleton tomando banho de sol topless seja processado.

A expectativa é de que eles tentem ainda um processo por perdas e danos e uma ordem judicial que proíba a republicação das fotos, que o casal vê como uma grave invasão de privacidade.

William e Kate se encontram nas Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico, representando a Rainha Elizabeth 2ª em comemorações do Jubileu de Diamante.

As fotos, publicadas originalmente pela revista francesa Closer, foram republicadas em sites de diversos países e pelo jornal irlandês Irish Daily Star.

Batalha judicial

O correspondente da BBC em Paris, Christian Frazer, diz que a maioria dos especialistas tendem a concordar que, diante da restrita lei francesa de uso de imagens, as fotos representem uma clara quebra de privacidade.

Se condenada, a edição da revista Closer com as fotos terá que ser recolhida das bancas de jornais imediatamente. Mas a decisão do tribunal parisiense terá poder apenas sobre meios de comunicação franceses e não impede a publicação das fotos na revista italiana Chi, que pertence ao mesmo grupo de mídia e anunciou uma edição especial com uma versão estendida, com 26 fotos, da série de fotos de Kate topless.

Ambas as publicações pertencem a empresa Mondadori Media Group, que pertence ao ex-primeiro ministro italiano, Silvio Berlusconi.

O correspondente da BBC em Paris diz que a lei francesa determina indenizações ou multas de dezenas de milhares de euros e, em teoria, a editora da revista poderia se condenada a um ano de prisão.

Ela já saiu em defesa da publicação e sugeriu que a revista francesa teria fotos ainda mais íntimas do casal, ainda não publicadas.

Os donos do jornal Irish Daily Star, do grupo Shell and Independent News and Media, condenaram a decisão de publicar as imagens e disseram que não foram consultados.

Nenhum jornal britânico publicou as imagens. Representantes de tabloides como o Daily Mail e o The Sun disseram que nenhum jornal "responsável" sequer "tocaria nestas fotos".

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.