Termos 'nerd' e 'geek' mudam de sentido e passam a despertar 'orgulho'

Atualizado em  18 de novembro, 2012 - 15:13 (Brasília) 17:13 GMT
Atores do seriado The Big Bang Theory em evento ComicCon, ambos ícones da cultura nerd

Atores do seriado 'The Big Bang Theory' em evento ComicCon, ambos ícones da cultura nerd

Ativistas suecos estão em campanha para mudar, em seus dicionários, a definição do termo nerd.

Será mais um indício de que o termo - bem como a palavra-irmã geek - perdeu sua conotação negativa?

Em 1984, o filme A Vingança dos Nerds mostrava que ser nerd significava ser antissocial, ou mesmo socialmente inferior. Mas as coisas parecem ter mudado.

Em 2010, A Rede Social, contando a história do Facebook, encontrou um ambiente diferente. Atualmente, os termos geek e nerd são associados a pessoas bem-sucedidas como Bill Gates, Steve Jobs e Mark Zuckerberg.

O blogueiro e estatístico geek Nate Silver, do New York Times, tem sido aclamado por ter feito uma previsão correta das eleições presidenciais dos EUA.

"Um recado a quem quer ser presidente: contrate geeks, não eruditos", diz reportagem da revista New Scientist.

Até alguns atletas começaram a se declarar nerds. O jogador de futebol americano Chris Kluwe se disse surpreso ao receber o título de "mais sexy do ano", argumentando que é um "jogador de videogame nerd".

Programas de entretenimento também transformaram geeks em heróis, como o personagem Sheldon Cooper, do seriado The Big Bang Theory.

Nate Silver

O "geek" Nate Silver ganhou fama com sua previsão acertada das eleições americanas

Em Operação Skyfall, o personagem Q, guru dos "gadgets" de James Bond, é retratado como um esperto geek da informática.

Novo sentido

Tem havido uma mudança no sentido atribuído a geeks e nerds. Acredita-se que a primeira descrição de um nerd seja a de um personagem peludo criado nos anos 1950 pelo autor e ilustrador de livros infantis Dr Seuss.

Em 1951, a definição foi publicada na revista Newsweek: "Em Detroit (EUA), alguém que antes seria chamado de quadrado é agora, lamentavelmente, um nerd".

Nos anos 1970, com o crescimento da indústria da informática, criou-se a noção do nerd como alguém "crânio", antissocial e ligado ao mundo da tecnologia.

O sentido da palavra, porém, acabou ficando mais "neutro" nos anos 2000, opina o editor-associado do dicionário Merriam-Webster, Kory Stamper.

No caso de geek, o uso remonta ao início do século 20, para se referir a um carnavalesco, e virou sinônimo de "tolo".

Steve Jobs e Bill Gates em foto de arquivo

Steve Jobs e Bill Gates (em foto de arquivo) viraram ícones como 'nerds bem-sucedidos'

Atualmente, Stamper acredita que nerd caracterize alguém que tenha um conhecimento aprofundado de uma determinada área, e geek ganhou o sentido mais técnico antes atribuído a nerd. "Algumas pessoas usam a palavra geek com orgulho, para falar dos melhores", opina.

Em geral, geek vem acompanhada de outra descrição, como "geek da física", "geek da história" ou mesmo "geek de drinques".

O que se perdeu?

Na Suécia, uma petição online para mudar a definição de nerd no dicionário - "uma pessoa motivo de risadas" - ganhou quase 4 mil assinaturas.

Há relatos de que a Academia de Letras Sueca aceitaria mudar a definição para algo mais neutro.

O autor britânico Neil Gaiman se diz fascinado pela rapidez com que as duas palavras ganharam um novo sentido na Grã-Bretanha desde os anos 1980. "(Nerd) é um desses termos que originalmente eram ofensas, mas foram incorporados pelos 'ofendidos' como uma honra."

Jornada nas Estrelas

Símbolos da cultura nerd, como 'Jornada nas Estrelas', passaram a ser reverenciados

Sendo assim, mais e mais pessoas viraram entusiastas dessas palavras e de interesses associados a elas - revistas em quadrinhos, Jornada nas Estrelas, animes e videogames.

Mas será que algo se perdeu com essas mudanças de sentido?

Alguns que se autodenominam nerds e geeks sentem saudades dos dias em que eram vistos como rebeldes, afirma Benjamin Nugent, autor de American Nerd: The Story of My People (Nerd Americano: A História do Meu Povo, em tradução livre).

"Isso só ocorreu com os personagens de Hollywood, de hackers derrubando corporações nefastas", opina.

Alguns rejeitam o atual uso tão abrangente das palavras. Em um fórum na internet, um usuário disse acreditar que "um nerd é alguém apaixonado por algo (e muito bom nisso) - seja matemática, literatura, botânica, qualquer coisa. Em algum momento, isso mudou para (descrever) alguém que é parte de uma cultura, que assiste a um determinado programa de TV e usa um tipo de roupa."

Leia mais sobre esse assunto

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.