Resultados iniciais indicam disputa acirrada nas eleições na Itália

Atualizado em  25 de fevereiro, 2013 - 15:15 (Brasília) 18:15 GMT

Os primeiros resultados da eleição na Itália, encerrada nesta segunda-feira, projetam uma disputa acirrada pelo controle do Parlamento.

A contagem inicial dá à coalizão de centro-direita do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi 31,6% das cadeiras no Senado, à frente da aliança de centro-esquerda liderada por Pier Luigi Bersani, com 29,4%, do Movimento Cinco Estrelas, do comediante Beppe Grillo, com 24,9%, e da coalizão centrista liderada pelo atual primeiro-ministro, Mario Monti, com 9,2%.

No entanto, em relação à Câmara baixa, os primeiros resultados indicam vantagem do bloco de centro-esquerda, com 34,5% dos votos, à frente do grupo de Silvio Berlusconi, com 29%, e do movimento de Grillo, com 19%

A eleição, realizada domingo e nesta segunda-feira, é acompanhada com atenção pelos países da zona do euro e ocorre em meio a uma profunda recessão e medidas de austeridade implementadas pelo governo de Mario Monti que foram recebidas com descontentamento pela população.

Muitos acreditam que Bersani, um ex-comunista, irá buscar uma coalizão com Monti caso não consiga a maioria absoluta.

Bersani prometeu dar prosseguimento às duras reformas implementadas por Monti, mas sugere que as atuais políticas europeias precisam fazer mais para promover crescimento e empregos.

As eleições foram convocadas com dois meses de antecedência, depois de o partido de Berlusconi ter retirado seu apoio ao governo de Monti.

Leia mais sobre esse assunto

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.