Fotos retratam vida em espaços minúsculos de Hong Kong

Amontoados

A ONG de Hong Kong Society for Community Organization (SoCO) divulgou uma série de fotos que mostra residências minúsculas e seus moradores.

Hong Kong, onde as fotos foram feitas, tem uma das maiores densidades populacionais do mundo, com 6.300 pessoas por quilômetro quadrado.

As imagens feitas de cima mostram famílias de baixa renda, solteiros, idosos e desempregados vivendo em pequenos espaços. O objetivo é mostrar o problema de habitação em Hong Kong.

O menor apartamento visitado pela ONG tinha 2,6 metros quadrados e era alugado por um homem solteiro e desempregado.

"Ao fazer estas fotos de residências inadequadas, descobrimos os problemas e queremos levantar esta preocupação junto ao público e governo", afirmou o diretor da SoCO Ho Hei-Wah.

A população local aumentou graças à chegada de centenas de milhares de imigrantes vindos da China. Esta onda de imigração gerou uma pressão ainda maior no já limitado mercado imobiliário, o que causou o aumento no valor do aluguel.