Refrigerador da usina de Fukushima para por quase três horas

O sistema de refrigeração de combustível atômico da usina nuclear de Fukushima, no Japão, parou novamente por quase três horas.

Foi o segundo incidente do tipo em menos de três semanas.

A empresa que controla a usina garantiu que não foi detectado nenhum vazamento de radiação e disse à mídia japonesa que ainda não sabe as causas do blecaute.

As piscinas contêm centenas de barras de combustível nuclear e devem ser mantidas refrigeradas para evitar que o líquido em seu interior evapore e libere radiação à atmosfera.

O incidente ocorre poucas semanas depois de um rato ter roído cabos elétricos, causando problema na provisão de energia e desativando os sistemas de refrigeração em três reatores.

O segundo blecaute em Fukushima levanta temores de uma nova crise nuclear, dois anos após o tsunami de 2011 ter provocado um dos piores vazamentos radioativos depois de Chernobyl.