Jogos de Londres geraram adicional de R$ 33,5 bi no ano após evento

Image caption O governo britânico estima ter gasto cerca de R$30 bilhões para sediar o evento.

Um relatório entregue ao governo britânico e ao prefeito de Londres sugere que os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2012 trouxeram uma receita adicional de 9,9 bilhões de libras (cerca de R$ 33,5 bilhões de reais) para a economia da Grã-Bretanha após o evento.

O documento atribui esse desempenho a novos contratos, vendas adicionais e investimentos estrangeiros nesse último ano.

Estimativas independentes sugerem que o lucro total para o país com os Jogos Olimpícos será de entre 28 a 41 bilhões de libras (R$ 95 a R$ 139 bilhões) até 2020.

O governo estimou ter gasto 8.9 bilhões de libras (R$ 30 bilhões) para sediar o evento.

'Legado social'

O relátorio, Inspired by 2012: The legacy from the London 2012 Olympic and Paralympic Games (Inspirado por 2012: O legado dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres em 2012, em tradução livre), sugere que, além do impacto financeiro, os Jogos tiveram forte influência na área de esportes e regeneração da cidade de Londres.

Ele também diz que as pessoas que trabalharam como voluntários durante o evento inspiraram outras pessoas a assumir funções semelhantes em suas comunidades.

Segundo o relatório, hoje, cerca de 1,4 milhões de pessoas a mais do que em 2005, ano em que Londres foi escolhida para sediar os Jogos de 2012, praticam esportes pelo menos uma vez por semana, e o legado de todas as instalações permanentes do Parque Olímpico foi assegurado dentro de um ano após os Jogos.

O premiê britânico, David Cameron, disse que as empresas de todo o país "aproveitaram o momento olímpico e deixaram um legado comercial duradouro".

Ele acrescentou: "Os Jogos deixaram também um forte legado social. No verão passado, as pessoas envolvidas nos Jogos ajudaram a mudar a percepção da Grã-Bretanha em relação ao trabalho voluntário. Desde então, milhares de pessoas foram inspiradas a se envolver na organização de esportes na sua área."

Segundo o ministro britânico para Negócios, Inovação e Treinamento, Vince Cable, "não há dúvida de que os Jogos de Londres em 2012 provaram ser uma história de sucesso para os negócios do país. Isso criou um negócio de milhões de libras que levará o conhecimento britânico para o mundo."

Negócios no exterior

O relatório examinou o comércio internacional e os investimentos estrangeiros recebidos "por conta dos Jogos e das atividades promocionais geradas pelos Jogos".

Os números são baseados em acordos já assinados e em previsões do possível valor gerado por oportunidades futuras. O relatório também leva em consideração as empresas que declararam ter investido na Grã-Bretanha por influência da Olimpíada de Londres.

Segundo o documento, desde a Olimpíada, cerca de 2,5 bilhões de libras (R$ 8,4 bilhões) foram injetadas por investidores estrangeiros no país.

Empresas britânicas ganharam 1,5 bilhão de libras (R$ 5 bilhões) em oportunidades no exterior, como em transferência de know-how para outros eventos esportivos globais, como a Copa do Mundo no Brasil em 2014, os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos no Rio em 2016, e os Jogos de Inverno em Sochi, na Rússia, em 2014.

Notícias relacionadas