Obama indicará economista americana para presidir banco central dos EUA

Janet Yellen, vice-diretora do Federal Reserve. Foto: AP
Image caption Economista Janet Yellen foi vice-diretora de Ben Bernanke nos últimos dois anos

O presidente americano, Barack Obama, vai indicar Janet Yellen, vice-diretora do Federal Reserve, o banco central americano, para dirigir a entidade.

A informação foi confirmada pela Casa Branca na noite de terça-feira.

Caso seja confirmada pelo Senado americano, Yellen substituirá Ben Bernanke, que comanda o Federal Reserve há oito anos.

Nos últimos dois anos, a economista americana serviu como vice-diretora de Bernanke. Agora, se tornará a primeira mulher a comandar a instituição.

Yellen e Bernanke devem se reunir com Obama nesta quarta-feira.

A americana foi professora na Universidade de Harvard e na London School of Economics, além de ter ocupado vários outros cargos no setor público dos Estados Unidos.

Yellen, assim como Bernanke, é vista por analistas como uma "dove" (termo em inglês que literalmente significa "pomba" e é usado no jargão financeiro para descrever pessoas de orientação heterodoxa, que preferem políticas de baixos juros).

Sua preferência é por usar baixos juros para fomentar a criação de emprego, com menor ênfase no combate à inflação.

Yellen era favorita ao cargo desde que o ex-secretário do Tesouro Larry Summers desistiu da disputa.

O senador democrata Charles Shumer disse que Yellen tem amplo apoio dos políticos americanos e ganhará a vaga na votação do Senado "com ampla margem".

O diretor do comitê de Assuntos Bancários do Senado dos Estados Unidos, Tim Johnson, elogiou a experiência da economista.

Notícias relacionadas