Jovem brasileiro desaparecido há quatro meses na Espanha é encontrado morto

Victor Lago (Arquivo Familiar) Direito de imagem Arquivo familiar
Image caption Nascido em Salvador, Victor da Silva Lago, de 19 anos, vivia na Espanha há 11 anos

Após quase quatro meses, chegou ao fim a procura pelo brasileiro Victor da Silva Lago, de 19 anos, que mobilizou a cidade de Zaragoza, na Espanha.

Na noite desta terça-feira, a Polícia Nacional encontrou o corpo do rapaz na região de Cogullada, debaixo de uma ponte, segundo registrou a jornal Heraldo. Ele havia desaparecido na virada do ano.

A polícia confirmou a identidade de Victor à família, embora ainda não tenha os resultados do exame de DNA, segundo Taís Silva Lago, prima de Victor, que falou à BBC Brasil por telefone.

A polícia também informou que o corpo estava em avançado estado de decomposição, mas que não apresentava sinais de violência.

O resultado da autópsia com as causas da morte está previsto para sair em duas semanas.

Desaparecimento

Victor havia participado de uma festa em Zaragoza. A família não tinha notícias dele desde 1º de janeiro.

O desaparecimento do jovem mobilizou a polícia, os bombeiros e até a Interpol. Um drone, um tipo de aeronave não tripulada, chegou a ser utilizado para procurar pistas do rapaz.

A família também pediu ajuda pelas redes sociais para encontrar Victor. Poucos dias após o desaparecimento, cerca de 300 pessoas se reuniram às margens do Rio Ebro para procurá-lo.

Nos últimos meses, amigos e familiares realizaram manifestações para que o caso não fosse esquecido.

“É impressionante que tenham achado o corpo dele justo no lugar onde procuramos”, diz Taís Lago. “Tenho que agradecer a todas as pessoas que nos apoiaram.”

Victor nasceu em Salvador em vivia na Espanha desde os 8 anos. Cursava Administração de Empresas na Universidade de Zaragoza.

Notícias relacionadas