Apagão interrompe comentário de Maduro na TV sobre falta de luz na Venezuela

Direito de imagem Reuters
Image caption Segundo imprensa local, falta de luz afetaria sete estados venezuelanos; discurso de Maduro na TV chegou a ser interrompido

Diversas cidades venezuelanas, incluindo Caracas, capital do país, estão sem luz desde a tarde desta sexta-feira.

Um discurso ao vivo na televisão do presidente Nicolas Maduro chegou a ser interrompido duas vezes pela falta de energia, segundo a agência de notícias Reuters.

"Vamos investigar os problemas no sistema elétrico que estamos enfrentando em algumas partes do país", disse o presidente durante seu discurso em uma premiação local de jornalistas. As televisões do país congelaram por vários segundos durante a transmissão.

A frase "parece que a luz caiu", dita por alguém nos bastidores, chegou a ser ouvida pelos telespectadores, relatam agências.

Segundo a imprensa local, o problema afetaria sete Estados da Venezuela. O jornal El Universal diz que uma falha nos sistema elétrico afetou as principais usinas térmicas e hidrelétricas do país.

As linhas 1, 2 e 3 do metrô da capital estão paralisadas pelo problema.

Pelo Twitter, a hashtag #VenezuelaSinLuz é uma das cinco mais compartilhadas do país.

Em primeiro lugar está a hashtag #VzlaenOscuridadPorCulpaDeMaduro ("Venezuela no escuro por culpa de Maduro").

"Há 15 anos, vendíamos eletricidade para Colômbia e Brasil. Agora damos pena ao mundo", escreveu o usuário Romulo Isaias.

"A incompetência é tão grande que transborda por qualquer brecha", disse a usuária Juliana_PM.

À Reuters, representantes da companhia estatal de petróleo PDVSA disseram que não há informações sobre efeitos da falta de luz na produção de óleo.