Sarkozy é detido para interrogatório sobre suposto tráfico de influências

Direito de imagem AFP
Image caption Sarkozy é o candidato favorito do seu partido, UMP, às eleições presidenciais

A policia francesa prendeu nesta terça-feira o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, que será interrogado em uma investigação sobre tráfico de influências, segundo fontes legais.

Policiais do Escritório Anticorrupção, da Polícia Judiciária, investigam se Sarkozy - que foi presidente da França entre 2007 e 2012 - prometeu um cargo de prestígio em Mônaco a um juiz de alto escalão em troca de informações.

O juiz, Gilbert Azibert, um dos magistrados mais antigos na Corte de Apelação francesa, também foi chamado para interrogatório na segunda-feira.

É a primeira vez que a Justiça francesa prende um ex-chefe de Estado. Sarkozy pode permanecer preso por até 24 horas, com possibilidade de extensão por outras 24 horas. Ele se entregou em Nanterre, nos arredores de Paris.

Os últimos acontecimentos são um golpe para as ambições do ex-presidente de se re-candidatar ao Palácio do Eliseu em 2017.