Quem são os mortos do conflito em Gaza?

Mortes em Gaza (BBC) Direito de imagem
Image caption Homem com roupas manchadas pelo sangue é consolado em hospital em Khan Younis: cerca de 1.900 palestinos morreram em Gaza

Cerca de 1.900 palestinos, a maioria civis, morreram desde o início da ofensiva israelense em Gaza, em 8 de julho.

São 66 israelenses mortos - dois civis e o restante soldados - na operação para destruir túneis sob a fronteira usados por militantes e interromper o lançamento de foguetes pelo Hamas contra Israel.

Mas, o que se sabe sobre as vítimas e onde elas morreram?

Segundo dados do Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA, na sigla em inglês), 1.890 palestinos morreram no conflito até 6 de agosto.

Entre os mortos, estão 414 crianças e 87 homens e mulheres com idades acima de 60 anos.

O mais jovem tinha 10 dias de vida e, o mais velho, 100 anos.

A ONU estima que o número de militantes mortos é abaixo de 200, mas Israel diz que cerca de 900 deles foram mortos na ofensiva.

Direito de imagem BBC World Service

Palestinos foram mortos por todo o território de Gaza - uma faixa de terra de 40km de comprimento por 10km de largura. O maior número de vítimas foi em Khan Younis, ao sul, e na Cidade de Gaza, ao norte.

Muitos se refugiaram em abrigos mantidos pela ONU, inclusive escolas. No entanto, estes locais também foram atacados, incluindo no norte de Gaza, Jabaliya e Rafah.

Enquanto isso, dois civis israelenses morreram em Haifa e perto do posto de fronteira de Erez, no norte de Gaza. Um tailandês também morreu, em Ashkelon.

Direito de imagem BBC World Service

Notícias relacionadas