Mulher ganha herança milionária em liras, mas Itália se recusa a trocar por euros

Lira italiana (BBC)
Image caption Herança em liras equivale a cerca de um milhão de euros

Uma italiana está empreendendo uma batalha contra as autoridades financeiras do país para receber uma herança milionária em liras, que o Banco Central italiano se recusa a trocar por euros.

Sara Ferrari recebeu o dinheiro de um tio que morreu e deixou centenas de notas de marcos alemães e de 500 mil liras italianas na caixa-forte de uma filial do Deutsche Bank em Berlim. O tio, que vivia na capital alemã, não tinha filhos nem parentes mais próximos.

As autoridades alemãs trocaram sem problemas os marcos alemães por um montante de 730 mil euros (equivalente a cerca de R$ 2,2 milhões).

No entanto, o Banco Central italiano se nega a trocar os 2 dois bilhões de liras herdados por Sara, que equivalem a cerca de 1 milhão de euros ou R$ 3 milhões.

A decisão do BC italiano se baseia em um decreto do governo do ex-premiê Mario Monti de dezembro de 2011. Desde essa data, as velhas liras italianas ainda em circulação perderam o valor.

O montante estimado de moeda velha que já não podia ser trocada foi adicionado por decreto ao erário do estado italiano.

Agora, Sara Ferrari está recorrendo à Federação Italiana dos Consumidores em busca de ajuda legal para tentar trocar as liras em seu poder. Se necessário, ela diz que poderá acionar até uma Corte europeia.

"Na Alemanha os marcos foram trocados em um espaço de apenas dez dias", disse Sara, que é natural da província de Rovigo, no norte do país.

"No meu país, no entanto, isso não é possível", lamentou.

"Apesar do nome, na União Europeia as leis não são iguais para todos os cidadãos."