Polícia britânica prende menino de 15 anos suspeito de incendiar canil

Fogo no lar de cães Direito de imagem John Heslop
Image caption Grande parte do lar de cães de Manchester ficou destruída pelo incêndio

A polícia de Manchester, no norte da Inglaterra, deteve um menino de 15 anos, suspeito de ter iniciado o incêndio que destruiu parcialmente um canil, matando pelo menos 60 cães.

A expectativa é de que o número de cachorros mortos ainda cresça.

Quatro caminhões de bombeiros foram até o local na noite de quinta-feira, mas pelo menos um terço do Lar para Cães de Manchester foi destruído.

Mais de 150 cães teriam sido resgatados por voluntários.

"Não consigo descrever o que aconteceu aqui esta noite. É desolador", disse Anna Stansfield, gerente de outro lar de cães, em Cheshire.

'Cenas atrozes'

Centenas de pessoas fizeram doações de ração e dinheiro.

Direito de imagem manchester fire service
Image caption Pelo menos 150 animais foram resgatados

Uma campanha online já recebeu cerca de R$ 500 mil para ajudar o lar.

Um policial de Manchester confirmou que um suspeito de 15 anos foi detido.

"Se alguém que esteve na área se lembra de alguma coisa suspeita nos arredores do lar para cães, por favor entre em contato", disse o policial Marcus Noden.

As autoridades dizem ter recebido muitas ofertas de apoio da população e estão pedindo ajuda para acomodação e comida para os animais.

Em uma nota, a direção do Lar para Cães de Manchester disse que a maioria dos cães será abrigada no lar de Cheshire.

Direito de imagem Manchester Fire service
Image caption Uma campanha online já conseguiu arrecadar R$ 500 mil

O comunicado também agradeceu aos funcionários, "muitos dos quais testemunharam cenas atrozes".

O lar para cães de Manchester foi criado em 1893 e atende mais de 7 mil animais por ano.

A instituição é totalmente mantida por doações e trabalho voluntário.

Notícias relacionadas