PR, MG e PE devem eleger governadores em 1º turno; SP, BA e CE têm indefinição

Fernando Pimentel Direito de imagem Divulgacao
Image caption Fernando Pimentel (PT) pode vencer no primeiro turno em Minas

Três estados brasileiros – Paraná, Minas e Pernambuco - devem decidir seus governadores no primeiro turno, sugerem pesquisas de boca de urna de nove estados divulgadas pelo Ibope pouco após o fim do horário de votação.

Em outros três – São Paulo, Bahia e Ceará – o cenário ainda é incerto, mas também pode ser definido ainda neste domingo.

No Rio, no Distrito Federal e no Rio Grande do Sul, o segundo turno é dado como certo pelas pesquisas de boca de urna.

Veja os resultados da boca de urna de nove estados:

Em São Paulo (maior colégio eleitoral do país), o governador Geraldo Alckmin pode se reeleger ainda neste domingo, mas as pesquisas o mostram no limite da margem de erro, com 52% dos votos válidos.

Como a margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo, ainda não está descartada a hipótese de ele ter de enfrentar Paulo Skaf (PMDB, com 22%) ou Alexandre Padilha (PT, 20%) no segundo turno.

No Paraná, o também governador Beto Richa (PSDB) está com 55% na pesquisa do Ibope – contra 27% de Roberto Requião (PMDB) e 14% de Gleisi Hoffmann (PT) – e pode vencer no primeiro turno.

Em Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) cresceu herdando o capital político do ex-candidato presidencial Eduardo Campos e tem 58% na boca de urna. Ele deve vencer em primeiro turno, superando o candidato apoiado pela presidente Dilma Rousseff, Armando Monteiro Neto (PTB), que tem 38%.

Em Minas Gerais, o petista Fernando Pimentel pode pôr fim a 12 anos do governo do PSDB no estado: ele tem 53% na pesquisa de boca de urna, contra 37% do tucano Pimenta da Veiga.

Na Bahia, Rui Costa (PT) surpreendeu, cresceu nas pesquisas e aparece com 49% no levantamento do Ibope, deixando em aberto a possibilidade de um segundo turno (já que, assim como nas demais pesquisas, a margem de erro é de dois pontos percentuais para cima ou para baixo).

Paulo Souto (DEM), que estava bem à frente em pesquisas anteriores, aparece com 39%.

No Ceará, o segundo turno também está em aberto: Eunício Oliveira (PMDB) aparece com 49% e pode vencer neste domingo. Camilo Santana (PT) não está muito longe: tem 44%.

No Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB) tem 34%, contra 28% de Anthony Garotinho (PR).

No Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) aparece com 44%, contra 29% de Jofran Frejat (PR) e 21% do governador Agnelo Queiroz (PT).

No Rio Grande do Sul, o governador Tarso Genro (PT) tem 35%, contra 29% de José Ivo Sartori (PMDB) e 26% de Ana Amélia Lemos (PP), a qual chegou a liderar pesquisas anteriores.