França: Pegada de 'grande felino' leva autoridades a pedir que população fique em casa

AP Direito de imagem AP
Image caption Pegada foi vista perto de posto de gasolina e sugere que felino atravessou uma estrada

Uma pegada encontrada perto de um posto de gasolina chamou a atenção de autoridades francesas à procura de um grande felino caminhando solto nos subúrbios de Paris.

Um caçador confirmou que encontrou as marcas em Ferrieres-en-Brie, 26 quilômetros a leste da capital francesa, na manhã desta sexta-feira, segundo o jornal Le Parisien.

O caçador, oficialmente chamado de "caçador de lobos" e que tem um cão especialmente treinado para esta finalidade, está participando da operação de busca pelo animal.

As autoridades aconselharam a população que mora nos bairros ao redor a permanecer dentro de casa.

A caçada pelo felino se concentra perto do parque temático Disneyland Paris. Os relatos sobre a natureza do animal são conflitantes.

Na quinta-feira, surgiram informações de que um tigre estaria solto na região. Um animal foi visto em Montevrain, 38 quilômetros a leste de Paris.

Depois, as autoridades francesas passaram a se referir a um felino de grande porte, e não um tigre. Mas nesta sexta-feira ainda havia confusão sobre o que seria o animal solto.

A agência de notícias France Presse afirmou que autoridades e especialistas foram "categóricos" ao informar que o animal solto é um tigre. Logo em seguida, a própria agência informou que, segundo as autoridades, não era um tigre, e sim "outro felino".

Estrada

Direito de imagem AP
Image caption Grande felino foi visto na quinta-feira e muitos afirmaram que era um tigre

Para chegar ao posto de gasolina onde as pegadas foram encontradas, o animal teria que ter atravessado uma estrada.

Depois da descoberta das pegadas, o posto de gasolina foi fechado.

Segundo o correspondente da BBC em Paris, Hugh Schofield, a polícia francesa afirmou que o caso não preocupa, já que pode ser um animal jovem - possivelmente um bicho de estimação exótico que fugiu de casa e provavelmente está acostumado com humanos.

Por outro lado, lembra o correspondente, um animal de grande porte também pode ferir e até matar uma pessoa - por isso as autoridades levaram armas e tranquilizantes para a caçada ao felino.

Na manhã desta sexta-feira, policiais foram enviados para as portas de escolas da área de Montevrain. Um helicóptero equipado com câmeras térmicas sobrevoa a região.

Além de aconselhar as pessoas a ficarem dentro de casa, as autoridades também pediram que os pais levem os filhos para a escola apenas de carro.

Cerca de dez soldados de uma base militar próxima também foram mobilizados na busca.

Direito de imagem BBC World Service