Múmias são encontradas no esgoto no Egito

AFP Direito de imagem AFP
Image caption Múmias foram encontradas em um córrego poluído no Egito

Duas múmias egípcias foram encontradas flutuando no esgoto de um vilarejo ao sul do Cairo, informou a imprensa local.

As múmias, que estavam embrulhadas em vários lençóis e dentro de seus sarcófagos de madeira, foram encontradas pela polícia em um córrego poluído num vilarejo perto da cidade de Minya, 240km ao sul do Cairo, informou a revista online CairoScene.

Acredita-se que elas sejam do período greco-romano (332 aC a 395 dC), mas o Ministério de Antiguidades disse que pouco restava dos corpos.

"Apesar dos caixões estarem decorados com desenhos coloridos, eles não tinham nenhuma inscrição egípcia antiga ou hieróglifos", disse o ministério em comunicado. Um terceiro sarcófago também foi encontrado, mas vazio.

Leia mais: Escâneres revelam segredos de múmias milenares do Egito; veja as imagens

Não se sabe como as múmias chegaram ao córrego, mas Yusuf Khalifa, funcionário do ministério, disse ser provável que elas tenham sido descobertas por pessoas que realizam escavações ilegais.

Há fortes restrições a escavações no Egito - em outubro de 2014, sete pessoas foram presas em Giza, nos arredores do Cairo, após uma escavação ilegal ter descoberto os restos de um templo antigo.

Especialistas tentam, agora, restaurar os restos das duas múmias. Elas deverão ser expostas junto com seus sarcófagos no museu de Minya, disse o ministério.

Notícias relacionadas