Cantora mirim japonesa entra em coma após brincadeira na TV

Foto: Divulgação/Stardust Promotion Direito de imagem BBC World Service
Image caption 3B Junior é descrito como uma 'unidade de treinamento de ídolos' e vários outros grupos parecidos já surgiram depois dele

Uma cantora mirim japonesa entrou em coma depois que uma brincadeira durante um programa de televisão deu errado.

A menina de 12 anos, que integra o grupo pop 3B Junior, participava de um jogo que envolvia mudar a própria voz inalando gás hélio, no dia 28 de janeiro. Depois desta brincadeira, ela ficou inconsciente.

Acredita-se que a cantora, cujo nome não foi revelado, tenha sofrido uma embolia gasosa, o que restringiu o fornecimento de sangue para o cérebro.

O grupo 3B Junior é formado por mais de 20 cantoras, todas com idades entre dez e 16 anos.

Na quinta-feira, a menina saiu do coma, segundo o jornal Japan Today. Mas, depois de acordar, os movimentos dela estão limitados e a cantora não consegue falar claramente.

Leia mais: Japoneses ‘gritam’ em público para declarar amor às mulheres em festival anual

O canal de televisão que gravou o jogo do qual cantora participava, TV Asahi, pediu desculpas à família dela.

Eles afirmaram que a lata de gás hélio inalado pela cantora tinha a inscrição "apenas para uso de adultos", mas os produtores não viram o alerta.

Investigação

A TV Asahi informou que será realizada uma investigação interna sobre o caso.

O diretor-executivo do canal, Toru Takeda, afirmou que adiou o anúncio do incidente pois esperava que a cantora se recuperasse.

A informação só foi divulgada depois que os médicos constataram sinais de melhora do estado de saúde da menina. E, depois que os pais da cantora autorizaram a divulgação.

Takeda acrescentou que o programa do canal, chamado 3B Junior Stardust Shoji, seria transmitido no dia 24 de fevereiro, mas agora a série poderá ser encerrada.

Leia mais: Mangá erótico infantil sobrevive no Japão e gera polêmica

Em uma declaração publicada no site oficial do grupo, a banda afirmou que "está rezando por uma recuperação rápida" da integrante do grupo.

"Nossos corações estão machucados. Sentimos muitíssimo pelo acidente", disse.

Asfixia

Inalar gás hélio de balões para modificar a voz é um truque conhecido. Mas, em alguns casos, pode ser muito perigoso.

Leia mais: Tradição culinária de Ano Novo, 'moti' mata nove no Japão

"Além da voz fina, outros efeitos potenciais do gás hélio são tontura, dor de cabeça e asfixia", segundo a Agência de Saúde Pública da Grã-Bretanha.

"Se algum apresentar estes sintomas ao inalar gás hélio, o conselho é levar a pessoa para respirar ar fresco imediatamente."

"Se os sintomas persistirem, pode ser necessário administrar oxigênio, então obtenha ajuda médica imediatamente", acrescentou a agência.