Escultura egípcia de 2.500 anos é salva do lixo e vendida por R$ 220 mil

Estátua de gato egípcia | Foto: BBC
Image caption Estátua de bronze funcionava como 'sarcófago' para múmia de gato

Quando a britânica Doreen Liddell, de 95 anos, morreu no ano passado, ela deixou a seus parentes um artefato muito especial – um gato de 2.500 anos.

Os familiares de Liddell começaram a limpar a casa em que ela vivia em Penzance, na Cornuália, e encontraram o gato, que pensaram ser apenas um bibelô velho.

Na verdade, a "velharia" era um artefato raro do Egito Antigo – uma estátua de bronze, feita para abrigar os restos mumificados de um gato.Um verdadeiro sarcófago felino.

A família planejava jogar a estátua fora, mas ela foi descoberta antes de ir parar na lixeira pelo leiloeiro David Lay, cuja empresa era a responsável pela venda de móveis e outros objetos de Liddell.

A estátua foi vendida em leilão por 52 mil libras (cerca de R$ 229 mil) esta semana para um comprador anônimo, que adquiriu a peça pelo telefone. Acredita-se que ele seja um comerciante de arte internacional.

O gato foi autenticado por um especialista em antiguidades egípcias do Museu Britânico.

Mas como ele foi parar no interior da Inglaterra?

Direito de imagem Getty
Image caption Marido de Liddell trabalhava na empresa que vendeu pertences de Howard Carter, que descobriu a tumba de Tutancâmon em 1923

O falecido marido de Doreen Liddell – Douglas Liddell – foi um dos responsáveis pela venda dos pertences de Howard Carter, o famoso arqueólogo que escavou a tumba de Tutancâmon.

Após a aposentadoria de Liddell – ele era diretor da Spink & Son, uma empresa londrina que cuida de vendas de antiguidades egípcias –, o casal foi viver na Cornualha, no sudoeste da Inglaterra, em 1987.

O gato data da 26ª Dinastia de faraós egípcios, entre os anos 700 e 500 a.C., e sua fabricação pode ter sido encomendada por um egípcio de alto poder aquisitivo e status na sociedade da época, segundo David Lay.

Leia mais: Estudantes de primário desenterram presilha de 4 mil anos