Vestido de '50 Tons de Cinza', menino é impedido de participar de festa escolar

Liam Scholes Foto: Nicola Scholes Direito de imagem Nicola Scholes
Image caption A fantasia do garoto incluía acessórios usados por personagens em cenas de sexo

Um garoto britânico que foi para a escola vestido como Christian Grey – o personagem principal do romance erótico 50 Tons de Cinza – foi impedido de participar de uma festa na escola, de acordo com sua mãe.

A escola de Liam Scholes, de 11 anos, comemorou o Dia Mundial do Livro pedindo que os alunos se vestissem como personagens de romances.

Mas quando o garoto chegou usando um terno cinza e levando lacres plásticos e uma máscara – que os personagens do livro usam em cenas de sexo – a escola decidiu que a fantasia era "pouco apropriada" e decidiu que ele não apareceria nas fotos do evento.

A mãe de Liam, Nicola Scholes, que também é professora, disse achar que a roupa do menino era, na verdade, mais apropriada dos que as fantasias usadas por outros alunos e professores.

Ela disse que a escola considerou "apropriado que um professor se vestisse de assassino em série" e "aceitável que crianças se vestissem como assassinos e entrassem na escola com armas de brinquedo".

"Aconselharam Liam a se vestir de James Bond, mas é um personagem promíscuo que mata pessoas", disse à BBC.

"Pessoalmente, me sinto mais ofendida por (meu filho vestir uma fantasia de) um assassino."

Em comunicado, a escola afirmou que "o objetivo das festividades do Dia Mundial do Livro era estimular a leitura". "Estamos tristes que o dia, que esperávamos que fosse especial para os alunos, tenha ficado marcado por essa questão."

Segundo a mãe, o menino riu da situação. "Nós tentamos ver o lado engraçado das coisas", afirmou.

'Só se vê isso na TV'

Direito de imagem Reproducao
Image caption FIlme baseado em livro tem classificação 16 anos no Brasil

Scholes disse ainda que os colegas de Liam acharam a fantasia engraçada, mas que a escola não teve senso de humor.

"Isso foi um exagero muito grande. Era para ser divertido e irônico."

Ele disse que não deixaria seu outro filho, de 8 anos, vestir-se como o personagem, porque ele ainda está na escola primária.

"Liam sabia que não queria se vestir como um personagem de quadrinhos ou desenhos animados. Ele queria parecer mais adulto e usar roupas normais", afirmou.

Scholes diz ainda que crianças da idade de Liam "já falam sobre sexo" e que todos os amigos de seu filho sabiam quem era o personagem de 50 Tons.

Ela afirma, no entanto, que o menino não leu o livro, nem viu o filme.

"No último mês, só se vê isso (menções ao livro ou ao filme 50 Tons de Cinza) na TV", disse.

A trilogia de livros 50 Tons de Cinza é descrita por sua autora, E.L. James, como um "romance provocante".