Rússia prende mulheres por 'dança erótica' em monumento da 2ª Guerra

YouTube Direito de imagem YouTube
Image caption Dançarinas foram presas por dançar de forma 'sexual' em frente a memorial de guerra

Um tribunal de Novorossiysk, no sul da Rússia, sentenciou à prisão três mulheres por terem dançado de forma sensual em frente a um memorial da 2ª Guerra Mundial.

Duas dançarinas ficarão dez dias presas e uma terceira foi sentenciada a 15 dias. Outras duas receberam multas, também sob a acusação de vandalismo.

Este foi o mesmo motivo pelo qual a banda Pussy Riot foi presa em 2012, após realizar um protesto na principal catedral da capital do país, Moscou.

Leia mais: Polícia na Rússia 'encena' sumiço de prefeito para evitar morte por encomenda

Leia mais: Versão em russo de assistente virtual da Apple é 'acusada' de homofobia

Segundo o site russo LifeNews, o vídeo começou a circular na internet no início desta semana.

O Ministério Público russo disse que a dança "erótica e sexual" no memorial de guerra foi um desrespeito à história do país.

"Esse incidente desrespeita a memória da guerra e é inaceitável. Qualquer tentativa de profanar locais de glória militar será combatida imediatamente", disseram os promotores à frente do caso.

'Twerking'

Direito de imagem reproducao
Image caption Estúdio de dança foi fechado depois que vídeo com dança sensual virou hit na internet

Estas sentenças foram dadas em meio à preparação da Rússia para celebrar os 70 anos da vitória na 2ª Guerra, comemorado em maio, e menos de um mês depois de uma escola de dança ser fechada por um motivo bastante semelhante.

No início de abril, um vídeo do estúdio Orenburg tornou-se um hit na internet, com milhões de espectadores.

Entitulado "Winnie the Pooh and the Bees" ("Ursinho Poof e as Abelhas", em inglês), o clipe mostra adolescentes dançando sensualmente, fazendo uma movimentos conhecidos como "twerking", um tipo de coreografia celebrizada mundialmente pela cantora americana Miley Cirus.

Leia mais: Cantor Pharrell Williams critica Irã por punição a jovens em versão de 'Happy'

Alguns internautas o consideraram "pornográfico", enquanto outros pediram que os responsáveis fossem processados.

Ainda houve quem se incomodasse com a roupa das jovens. As listras laranjas e pretas de seu uniforme estão presentes no laço de São Jorge, um símbolo de patriotismo russo e associado à vitória soviética na 2ª Guerra.

Um comitê está investigando se a performance foi um ato de negligência ou "deboche", o que pode ser punido com sentenças que vão desde serviço comunitário a três anos de prisão.

Notícias relacionadas