Turistas podem ter de fazer teste de direção para alugar carro na Nova Zelândia

(BBC)
Image caption Nova regra foi implementada para aumentar a segurança no trânsito e passa a valer a partir de junho

Turistas que quiserem alugar um carro na Nova Zelândia poderão em breve ter de provar suas habilidades na direção antes de receberem as chaves do veículo.

Apoiada por 25 locadoras de automóveis, a nova regra foi implementada para aumentar a segurança no trânsito e passa a valer a partir de junho, informou a rádio local Radio New Zealand.

Nem todos os visitantes estrangeiros precisarão ser submetidos ao teste, no entanto.

Os turistas receberão questionários com perguntas entre as quais se já alugaram veículos no exterior no passado e se já dirigiram anteriormente do lado direito.

Mas se os funcionários das locadoras de veículos não se convencerem de os visitantes estrangeiros estão a par das regras de trânsito locais, podem submetê-los a um rápido teste de direção.

Leia mais: Neozelandesa tem carro confiscado após coletar mariscos na praia

A avaliação estará disponível em quatro idiomas: inglês, francês, alemão e mandarim.

'Acidentes fatais'

A medida foi determinada após uma série de acidentes nas estradas do país nos últimos meses envolvendo motoristas estrangeiros, alguns dos quais fatais.

Protestos realizados pela população local levaram a petições reivindicando a introdução de um teste de direção para turistas, incluindo um abaixo-assinado criado por um menino cujo pai foi morto após seu carro colidir com outro dirigido por um turista chinês.

A Associação da Indústria do Turismo (TIA, na sigla em inglês) da Nova Zelândia se reuniu com as principais locadoras de veículos do país para implementar a nova avaliação, que é parte de um Código de Boas Práticas.

O código inclui dar mais informação para os turistas antes de sua chegada, e compartilhar detalhes com outras empresas do ramo sobre visitantes cujos contratos foram cancelados, informou o site de notícias Stuff.co.nz.

Leia mais: Nova Zelândia quer premiar motoristas que não correm

A TIA quer que o novo conjunto de medidas seja concluído até outubro, por causa da temporada de verão da Nova Zelândia.

"Estamos esperando uma alta do turismo no próximo verão", disse ao site o chefe-executivo da TIA, Chris Roberts.

"Portanto, queremos fazer tudo o que está em nosso alcance para manter em segurança tanto visitantes quanto neozelandeses em nossas estradas", concluiu.