Como o Facebook adotou ícones menos 'machistas'

Foto: Reprodução Facebook Direito de imagem BBC World Service
Image caption Designer surpreendeu-se ao não enfrentar resistência de colegas às mudanças nos antigos ícones da rede social

A figura feminina no ícone do Facebook para amigos costumava ficar atrás do homem, mas, agora, foi movida para o centro e à frente.

Caitlyn Winner, que trabalha como designer no Facebook, afirma que notou que os ícones masculinos eram simétricos (exceto pelo cabelo) mas a mulher tinha uma pequena falha, "uma lasquinha no ombro".

A "lasca" era o ponto onde a figura masculina entrava na frente da figura feminina nos ícones para grupos. E Caitlyn não gostava do design.

"A mulher estava, literalmente, na sombra do homem. Reclamei com uma amiga, designer, e ela apontou para o cartaz... que dizia 'Nada no Facebook é problema de outra pessoa'."

A partir daí, Caitlyn começou a redesenhar o ícone feminino, livrando-se também do cabelo, cujo formato lembrava, segundo a designer, "o capacete de Darth Vader (personagem dos filmes Guerra nas Estrelas)".

Após tentar diversas possibilidades de redesenhar o ícone, ela decidiu colocar a mulher à frente. Para tornar o resultado final mais natural, ela também suavizou os traços da figura masculina.

A designer fez o mesmo com o antigo ícone de "grupos", que tinha dois homens e uma mulher – com a figura feminina atrás de deles.

Leia mais: Foragido pede que polícia melhore foto de cartaz de procurado

"Como uma mulher, educada em um colégio feminino, foi difícil não ver o simbolismo do ícone: a mulher... não estava em uma posição de 'fazer algo acontecer'", afirmou a designer.

A expressão "Faça Acontecer" (tradução livre de "Lean in", em inglês) é parte do título do livro da chefe operacional do Facebook, Sheryl Sandberg, Faça Acontecer: Mulheres, Trabalho e a Vontade de Liderar. E também é slogan criado por Sheryl para falar sobre a posição das mulheres no mercado de trabalho.

Caitlyn pensou que iria ter problemas por mudar o ícone sem permissão, mas "ao invés disso, e, de uma forma mágica, os novos ícones começaram ser utilizados" no Facebook.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Winner também mudou o antigo ícone de grupos, que mostrava uma mulher atrás de dois homens
Direito de imagem BBC World Service
Image caption O novo ícone de grupos traz a mulher na frente, e as figuras têm traços mais naturais

Leia mais: Filtro arco-íris do Facebook é criticado na Rússia e no Oriente Médio