Como sobreviver à chegada de um novo chefe

Direito de imagem Thinkstock
Image caption Especialistas recomendam evitar comparações entre chefes e começar do zero com novo gerente

Seu chefe acaba de anunciar que vai mudar de cargo ou de emprego. E você tinha uma ótima relação com ele. Como se adaptar a um novo gerente e não cair em erros que podem atrapalhar sua vida profissional?

Especialistas em carreira de todo o mundo dão suas dicas.

Começando do zero

Em um mundo ideal, sua boa relação com o antigo chefe seria facilmente transferida para o novo gerente. Mas é muito difícil que isso aconteça. "É mais provável que você tenha que demonstrar o seu valor novamente", afirma Mary Schaefer, consultora de carreiras que trabalha em Filadélfia, nos Estados Unidos, em entrevista à BBC Capital.

Começar com o pé esquerdo pode causar estragos e até colocar o seu emprego sob risco, segundo Janet Scarborough-Civitelli, psicóloga vocacional e consultora de carreiras em Austin, no Estado americano do Texas. "Assim que possível, descubra quais são as expectativas do novo gerente e tente alinhar suas prioridades às dele", recomenda. "Peça que ele identifique com clareza o que quer que você realize nos próximos 90 dias. Evite falar de como as coisas funcionavam antes. Este é o começo de uma nova fase."

Para se preparar para essa nova relação, Schaefer sugere fazer uma lista de tudo o que você gostava no trabalho com o antigo chefe – e com gerentes anteriores. E ainda uma lista do que você gostaria de mudar. "Pode parecer bobagem, mas esse tipo de recurso ajuda a recriar aquilo que você mais prezava na antiga relação", explica.

Leia mais: Conheça alguns dos chefes 'mais generosos' do mundo

Leia mais: O que 'Game of Thrones' pode ensinar sobre liderança

Partindo com o pé direito

O primeiro dia em um novo emprego é difícil para todo o mundo – até mesmo para um novo gerente. "Faça questão de se apresentar a seu chefe nesse primeiro dia. Faça-o se sentir bem-vindo. Sorria", aconselha Ann Weiser, instrutora da Escola de Negócios da Universidade da Carolina do Sul.

"Seja proativo e ofereça ao novo líder informações que possam ajudá-lo a se habituar mais facilmente ao emprego", sugere a especialista. "Coisas como apresentar a ele o organograma do departamento, o seu currículo e o de seus colegas de equipe, e uma cópia das metas anuais com o atual status de cumprimento. E inclua uma curta mensagem dando-lhe as boas vindas ao departamento."

Leia mais: Sua personalidade está atrapalhando sua carreira?

Leia mais: As mais estranhas perguntas já feitas em entrevistas de emprego

Marque uma reunião individual

"Mesmo que você se entenda bem com o novo chefe, não acredite que isso basta", lembra Schaefer. "Aproveite que tudo está mais calmo e estável neste início para que vocês se conheçam melhor e possam estabelecer expectativas mútuas."

Comece pedindo uma reunião particular, evitando, claro, de marcar algo na primeira semana de trabalho do novo chefe. No encontro, discutam como o novo gerente gosta de trabalhar, o que você deve esperar dele e como ele vê a sua função.

"Ao iniciar essa conversa, você mostra que está disposto a fazer o que for necessário para obter mais responsabilidades, que está atento à sua própria carreira e que está interessado em fazer o que é melhor para você, para o chefe e para a empresa", diz a consultora americana.

Leia mais: Como fazer seu chefe gostar de você

Leia mais: Os segredos para aprender um novo idioma (rapidamente)

Faça anotações

Lionel Ancelet, consultor de carreiras em Paris, incentiva seus clientes a manter um diário de trabalho. "A cada quinzena ou a cada mês, anote quais foram as suas concretizações naquele período", aconselha. "Assim você pode documentar seus argumentos em detalhes."

Dessa maneira, quando se reunir com seu chefe, ficará mais fácil destacar suas realizações – além de ajudar a atualizar seu currículo.

Chefes também têm um coração

Segundo Ancelet, é fácil esquecermos que chefes posicionados em altos cargos também têm seus sentimentos e um estilo diferente de transmitir suas ideias. "É importante entender como ele pensa e poder se comunicar com ele na mesma sintonia", recomenda.

Isso não significa fazer um teste de personalidade com o novo gerente. Apenas observe-o com atenção. "Ouça o que ele diz, o que ele enfatiza, o tipo de perguntas que ele faz", diz o consultor. "Se você conseguir adaptar o seu estilo de comunicação ao dele, a confiança entre vocês deve aumentar."

Leia mais: Quatro dicas para fazer seu currículo decolar

O que não fazer

Não resmungue falando da empresa ou do antigo chefe. "Não diga nada que faça parecer que você é um funcionário negativo ou problemático", diz Weiser.

Não entre na intimidade do novo gerente. Faça perguntas neutras e simpáticas como: "Como estão sendo estes primeiros dias?" ou "Posso esclarecer alguma dúvida sobre a empresa ou o departamento?".

Evite misturar trabalho e diversão. Não fique "amigo" do novo chefe no Facebook. Mas pergunte se pode segui-lo em plataformas como o LinkedIn, o XING e o Twitter.

Evite e-mails longos. Mantenha as mensagens curtas e diretas. Use a linha do assunto para especificar exatamente o que você precisa. "Selecione bem o que você vai repassar para ele, pois provavelmente já está sendo bombardeado por todos os lados", lembra Schaefer.

Leia mais: Como despertar seu espírito de liderança

Clique aqui para ver outras matérias especiais de economia e negócios

Leia a versão original desta reportagem em inglês no site da BBC Capital.