Britânico abre café em cabine telefônica fora de uso

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Jake Hollier, de 23 anos, vende café em uma cabine telefônica vermelha em Birmingham, no Reino Unido

Aquela que dizem ser a menor cafeteria de Birmingham, na Inglaterra, foi aberta recentemente em uma cabine vermelha de telefone, daquelas clássicas do Reino Unido.

A Jake's Coffee Box ("cabine de café do Jake", em tradução livre) está instalada em uma das ruas da cidade.

Um fundo de caridade chamado Thinking Outside de Box (pensando fora da caixa) obteve permissão para transformar cabines em quiosques. Em seguida, elas são disponibilizadas para locação.

Leia mais: Cinco dicas para reduzir o açúcar que consumimos sem perceber

Jake Hollier, de 23 anos, dono da Jake's Coffee Box, é a primeira pessoa a alugar uma dessas cabines em Birmingham.

Hollier, que trabalha como assistente em um hospital, afirmou que o projeto foi gestado por seis meses. "Eu queria trazer algo diferente para a cidade. As cabines vermelhas são um ícone, parte da nossa imagem como britânicos", afirmou.

Image caption Homem é atendido na cabine de Jake, que calcula ter recebido cerca de 20 clientes em duas horas

"Tenho apenas uma máquina de café e enroladinhos de linguiça. Como não há lugar para sentar na cabine telefônica, todos os meus clientes são pessoas de passagem por aqui", continuou.

Segundo Jake, foram cerca de 20 clientes nas primeiras duas horas de funcionamento de seu negócio. "Está todo mundo me olhando estranho", contou sobre seu primeiro dia de trabalho.

A Thinking Outside The Box já supervisionou um esquema semelhante em Brighton, no litoral inglês, onde duas cabines telefônicas se tornaram espaços para a venda de café e sorvete.