'Quem é Snowden?', perguntam internautas após entrada de delator no Twitter

Foto: AFP Direito de imagem AFP
Image caption Delator que revelou espionagem do governo americano segue apenas a conta da NSA no Twitter

O ex-funcionário da CIA (agência de inteligência americana) Edward Snowden chegou a meio milhão de seguidores apenas quatro horas depois de entrar no Twitter, causando surpresa nas redes sociais.

"Vocês conseguem me ouvir agora?", perguntou, bem-humorado, em seu primeiro tuíte, na tarde desta terça-feira. Em sua descrição, uma frase de efeito: "Eu costumava trabalhar para o governo. Agora trabalho para o público."

Ele tornou-se famoso mundialmente há apenas dois anos, mas muitos participantes dos Estados Unidos, do Brasil e de outros países da América Latina no Twitter estranharam sua rápida popularidade na rede e sua presença nos tópicos mais comentados nesta tarde. "Quem é esse tal de Snowden?", perguntavam a seus próprios seguidores.

Em 2013, Snowden, que também prestou serviços técnicos para a Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos, desencadeou um escândalo sem precedentes quando vazou para jornais internacionais documentos sobre como a agência tem acesso a dados sobre milhares de telefonemas e e-mails e outras mensagens enviadas ao redor do mundo.

Por meio do sistema, agentes da NSA teriam acesso direto a servidores de nove grandes empresas da internet, incluindo Google, Microsoft, Facebook, Yahoo!, Skype e Apple.

Documentos divulgados por ele também prejudicaram relações diplomáticas dos Estados Unidos com líderes estrangeiros e países como Alemanha e Brasil, quando foram reveladas escutas a telefonemas da chanceler Angela Merkel e da presidente Dilma Rousseff.

Na época, o delator afirmou que a extensão do monitoramento feito pelos agentes americanos é "aterradora". "A NSA construiu uma infraestrutura que lhe permite interceptar quase qualquer coisa", disse.

O presidente americano Barack Obama negou que o país faça espionagem em líderes estrangeiros, mas anunciou mudanças na NSA, prometendo respeito às liberdades civis.

Após a delação, Snowden fugiu de sua casa no Havaí rumo a Hong Kong e, depois, à Rússia. Nos Estados Unidos, ele é acusado de espionagem.

Após passar um mês em uma área de trânsito do aeroporto de Moscou – enquanto os EUA pressionavam países a não lhe conceder asilo –, ele obteve a concessão na Rússia, onde permanece até hoje.

'Perguntando para um amigo'

O popular astrofísico americano Neil deGrasse Tyson foi um dos primeiros a dar as boas-vindas a Snowden no Twitter.

"Obrigada pelas boas-vindas. E agora temos água em Marte! Você acha que eles verificam passaportes na fronteira? Estou perguntando em nome de um amigo", respondeu o delator, brincando com seu status de "procurado pelos Estados Unidos", que o impossibilita de circular livremente.

DeGrasse Tyson lembrou que as revelações feitas por Snowden ainda dividem opiniões no país – alguns acreditam que o ex-funcionário da CIA é "herói" por lançar luz sobre as engrenagens obscuras de agências governamentais, enquanto outros o chamam de "traidor" por ter revelado segredos de órgãos estatais.

"Sou apenas um cidadão com uma voz", afirmou, em resposta.

Image caption "Quem é Snowden? Estou me sentindo por fora", diz este tuíte em inglês.
Image caption "Quem é Snowden e que informação ele vazou?", pergunta uma americana na rede

O americano também pareceu disposto a fazer piada com a sua relação com a NSA após o escândalo. A conta oficial da agência nacional de segurança foi sua primeira seguidora e é, até o momento, a única que ele segue.

"Enquanto isso, mil pessoas em Fort Meade acabam de abrir contas no Twitter", escreveu, referindo-se à base do Exército americano no Estado de Maryland, onde funciona a sede da NSA.

'Um fofoqueiro'

A notícia da entrada de Snowden no Twitter fez com que muitos participantes que não acompanharam as notícias sobre o tema procurassem mais informações sobre um dos fugitivos mais famosos dos Estados Unidos.

"Graças aos tuítes de vocês sobre esse tal Snowden, fui na Wikipedia saber quem é e já sou especialista no tema", disse um peruano.

Image caption "Alguém me explique quem é o personagem Snowden e por que tanta controvérsia", pede uma mexicana
Image caption Fotos: Reprodução Twitter

No Brasil, um usuário da rede chegou a perguntar se o sobrenome do americano era "alguma marca de bike ou bronzeador". A resposta, de um amigo, foi simples: "(É) um fofoqueiro".

Entre os que conhecem e admiram o delator, a comoção causada por sua chegada na rede serviu até mesmo para alimentar a rivalidade entre Twitter e Facebook.

"O Twitter tem o Edward Snowden, o 'feice' (Facebook) tem seus familiares e textão. A verdade está aí, não vê quem não quer", disse um participante.

Notícias relacionadas