EUA investigam se atirador de Oregon anunciou ataque em fórum online

Reprodução
Image caption Série de publicações no fórum 4chan virou foco de investigações sobre ataque de quinta-feira em Oregon

Um fórum online chamado 4chan passou a ocupar um papel de destaque nas investigações sobre o tiroteio em uma faculdade de Roseburg, no Estado do Oregon (EUA), que deixou ao menos nove mortos e sete feridos na última quinta-feira.

Autoridades suspeitam que uma mensagem publicada no site – que se define como uma página onde "qualquer um pode deixar comentários e compartilhar imagens anonimamente" – tenha prenunciado o crime por conter uma ameaça de ataque a uma escola no noroeste do país.

"Não vá à escola amanhã se você estiver no noroeste (do país)", diz uma postagem.

Leia também: 'Cérebro entrou em modo pânico', diz testemunha de ataque nos EUA

Leia também: Fuzil com citações bíblicas e símbolos cristãos causa polêmica nos EUA

A publicação, feita na última quinta-feira, mencionava ainda o plano de obter-se uma "alta pontuação".

Comentários de resposta encorajavam seu autor, identificado apenas pela sigla "OP", a levar a cabo seus planos.

Ainda não está claro se essas mensagens foram deixadas pelo próprio atirador, identificado como Chris Harper-Mercer, ou por outros usuários do 4chan.

Investigação

Direito de imagem REUTERS
Image caption Tiroteio em universidade deixou nove mortos e sete feridos

O 4chan está sendo agora investigado por autoridades federais dos Estados Unidos, segundo o jornal americano The New York Times.

O site também chamou a atenção durante as investigações do massacre em um cinema em Aurora, no Estado do Colorado, em 2012. Na época, suspeitou-se que comentários feitos no fórum estavam ligados ao tiroteio.

Leia também: 'Quem é Snowden?', perguntam internautas após entrada de delator no Twitter

Fóruns online eram um meio muito popular de conversar pela internet antes do surgimento de redes sociais.

No entanto, menções a uma página como o 4chan em investigações ligadas a mais de um tiroteio fazem com que esse tipo de site fique sob escrutínio público, por ser um ambiente onde mensagens violentas podem ser compartilhadas.