Diante de toque de recolher, memes com gatos viram febre entre moradores de Bruxelas

Twitter Direito de imagem Other
Image caption Este usuário escreveu: 'Assim, queridos estrangeiros, é como enfrentamos o terrorismo aqui. Eles não têm chance!' (Reprodução: Twitter)

No domingo à noite, em meio a uma grande operação se segurança em Bruxelas, autoridades pediram ao público que não informasse a localização e movimentação de agentes policiais na internet.

A capital belga está em estado de alerta desde sábado; a polícia busca por Salah Abdeslam, suspeito de ser um dos atiradores nos ataques de Paris, que deixaram 130 mortos. Autoridades anunciaram que escolas, autoridades e o metrô da cidade seguiriam fechados nesta segunda-feira.

No Twitter, a hashtag #BrusselsLockdown vinha sendo a mais popular para falar sobre as operações que paralisaram a capital. Mas no domingo à noite, após o apelo das autoridades, o termo foi superado por usuários postando imagens e vídeos de gatos, para garantir que quaisquer detalhes das operações saíssem do topo.

Alguns usuários atenderam ao pedido das autoridades ao escreverem mensagens em estilo jornalístico.

Leia também: 'Clima é de precaução e expectativa', diz brasileira na Bélgica

Direito de imagem Other
Image caption No Twitter, as autoridades belgas pediram que usuários não relatassem operações policiais em Bruxelas nas redes sociais (Reprodução: Twitter)
Direito de imagem Other
Image caption Mensagem bem humorada lê: 'Urgente: Polícia belga usa o novo gato voador de 200 milhas por hora durante operações antiterror' (Reprodução: Twitter)
Direito de imagem Other
Image caption Este usuário escreveu: 'Eles o pegaram' (Reprodução: Twitter)

Leia também: Por que escolas privadas estão perdendo alunos nos EUA?

Outros usaram humor para relatar a situação que belgas enfrentaram no fim de semana.

Direito de imagem Other
Image caption 'Fiquem dentro de casa, eles disseram', disse esta usuária (Reprodução: Twitter)
Direito de imagem Other
Image caption 'Relaxem, meus amigos', dizia esta mensagem (Reprodução: Twitter)
Direito de imagem Other
Image caption Nesta mensagem, a usuária perguntou: 'Já é seguro sair?' (Reprodução: Twitter)

Leia também: O raro caso da desertora que luta para voltar à Coreia do Norte

No final da noite, após a prisão de 16 pessoas pelo país, autoridades agradeceram aos cidadãos pela cooperação.

Direito de imagem Other
Image caption Autoridades agradeceram: 'Obrigado à imprensa e à população pelo silêncio online durante a intervenção' (Reprodução: Twitter)

Notícias relacionadas