BBC Brasil lança canal no Telegram

Equipe da BBC Brasil
Image caption A equipe da BBC Brasil em Londres vai participar do canal com sugestões, além é claro das nossas reportagens

A BBC Brasil lançou nesta quinta-feira no Telegram um novo canal de comunicação com o público brasileiro. O Telegram é um aplicativo de troca de mensagens instantâneas que ganhou fôlego com a suspensão temporária do WhatsApp no Brasil (já revista nesta quinta-feira). Segundo o serviço, em menos de 24 horas, 1,5 milhão de usuários baixaram o aplicativo no Google Play ou Apple Store.

O novo canal no Telegram trará o melhor do conteúdo da BBC Brasil e recomendações pessoais dos jornalistas que integram a equipe no Brasil e no mundo.

Para acessar o nosso canal, vá até www.telegram.me/bbcbrasil !

"Vamos compartilhar no Telegram nossas reportagens exclusivas em texto, vídeo e também áudio. Não serão postagens incessantes que acabam incomodando o público", disse Silvia Salek, diretora de redação da BBC Brasil. "Vamos começar, por exemplo, com recomendações da nossa equipe sobre o melhor do nosso conteúdo do ano. Algo que estabeleça um contato mais próximo entre os jornalistas e o público."

Image caption Redação em São Paulo da BBC Brasil também vai participar da iniciativa

Em novembro, a BBC Brasil alcançou audiência recorde de 22,2 milhões de usuários únicos, e a meta é ampliar esse alcance diversificando as plataformas.

"Boa parte da nossa audiência direta hoje, por exemplo, vem do Facebook e 53%, de telefones celulares. O canal no Telegram é uma evolução natural dessa estratégia", acrescentou Salek.

Com isso, a BBC Brasil é o terceiro departamento do Serviço Mundial a inaugurar um canal no Telegram.

"O Telegram já vem sendo usado de forma bem-sucedida por outros serviços da BBC. Nosso serviço em farsi - para o Irã - lançou um canal pouco mais de um mês atrás e já tem 230 mil assinantes", disse Trushar Barot, editor para conteúdo por celulares do Serviço Mundial da BBC.

Trushar destacou ainda os benefícios para empresas de comunicação em usar o Telegram. "É um app que facilita a distribuição de conteúdo sem as muitas limitações do WhatsApp", acrescentou.

Image caption A BBC também tem uma redação no Rio de Janeiro

A estratégia digital da BBC Brasil inclui estar presente no maior número possível de plataformas explorando o diferencial de cada uma delas.

No momento, nosso conteúdo está disponível em sete plataformas: Facebook, Twitter, Google+, WhatsApp, Instagram, YouTube e, agora, Telegram.

"Temos feito um trabalho bem interessante no WhatsApp também, mas, como existe uma limitação do número de pessoas em uma lista de transmissão, temos que buscar outras plataformas que não limitem nosso contato com o público. No WhatsApp, focamos em grupos de interesse específico", disse Salek.